Soluções
 
Copa Mundo  2014  - São Paulo recebe mais uma vez a Exposec 2010
Feira Internacional de Segurança – em pleno ambiente de Copa do Mundo, quando o Brasil busca ampliar sua infra-estrutura para recebe-la, a Exposec traz inovações tecnológicas na área de segurança e a equipe da SETA Soluções esteve presente.
  CE Estrutura
 
O Brasil sede da Copa de 2014 e Olimpiadas 2016
discute sobre a ampliação de sua infra-estrutura de TI. Dia 25 de agosto/10  aconteceu em BH um Seminário para discutir as necessidades dos setores envolvidos  e em setembro na Minascom – Feira da Construção Civil  serão debatidos novos investimentos na infra-estrutura da capital mineira.
  CE Estrutura
 
Soluções em cabeamento estruturado
Quando um sinal elétrico trafega num condutor, gera ao redor deste um campo elétrico.
  Cabeamento Estruturado
 
Transmissão de sinais analógicos e digitais no cabeamento estruturado
Toda a infra-estrutura (metálica) para cabeamento estruturado (eletrocalha, eletroduto, canaletas e acessórios ) deve ser aterrada em um único ponto ou seja...
  CE Estrutura
 
Veja algumas das novidades para redes de cabeamento estruturado:
Esta categoria supera a categoria 6 recentemente lançada, pois no sistema de cabeamento estruturado Cat 6A a rede permite....
  CE Estrutura

 

Informativo | Copa Mundo  2014  - O Brasil sede da Copa de 2014 e Olimpiadas 2016
 

O Brasil sede da Copa de 2014 e Olimpiadas 2016 discute sobre a ampliação de sua infra-estrutura de TI. Dia 25 de agosto/10  aconteceu em BH um Seminário para discutir as necessidades dos setores envolvidos  e em setembro na Minascom – Feira da Construção Civil  serão debatidos novos investimentos na infra-estrutura da capital mineira.

 Veja mais no artigo ´ Seminário em BH alerta: falta tecnologia para receber a Copa 2014´ de Daniel Antunes no site da Super Esportes data 26/08/2010.

Se a Copa 2014 no Brasil fosse hoje, o país não teria infraestrutura tecnológica suficiente para receber os mais de um milhão de turistas de todo o mundo que são esperados para o mundial. Para especialistas no assunto, que se reuniram ontem em Belo Horizonte, hotéis com internet precária e regiões ainda sem cobertura de telefonia são os maiores desafios para os governos e empresas privadas nos próximos anos e impedir que o evento de oportunidades e negócios entre na lista daqueles que merecem ser esquecidos.

Belo Horizonte é a oitava cidade-sede brasileira a receber as palestras. Ao final do evento, será elaborado um guia de referência, reunindo investimentos em tecnologia necessários em determinadas áreas, que será entregue ao Comitê Estadual da Copa 2014 e ao governador. " Precisamos estar preparados não só na questão de infraestrutua das estradas, estádios e mobilidade urbana. Mas refletir como vamos receber um volume imenso de pessoas de vários países com língua diferentes", disse o presidente da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas (FCDL-MG), uma das entidades organizadoras do evento, José César da Costa.

Segundo ele na época do mundial o Brasil estará auge da revolução tecnológica e digital, o que mudaria a maneira de transmitir, assistir ao evento e também de fazer negócios. "Haverá comunicação durante 24 horas seguidas durante os 30 dias do mundial. Será que os hotéis, que precisam oferecer internet de alta resolução estão preparados para isso? Vamos receber moedas e cartões falsos de várias partes do mundo e como vamos identificar isso? A nossa idéia é levantar todas essas questões, a apontar soluções. Além de construir bons estádios, investir numa infraestrutura tecnológica para receber o evento é fundamental", explicou. "Houve dificuldade em falar no celular, na transmissão das matérias por satélite Na África do sul que não pode repetir no Brasil", comentou.

Fonte: www.rj.superesportes.com.br

 

 Vivotek –  Cameras IP solução inovadora em um projetoviável

 A equipe de Projetos da SETA Soluções participou no ultimo dia 17 de agosto da Certificação VSP  para Integradores do sistema de câmeras IP Vivotek em São Paulo. Buscando capacitação técnica e novas parcerias para projetos de  vídeo monitoramento através de câmeras IP, a equipe se mostrou bastante interessada nas soluções que foram apresentadas.

´As câmeras Ip vem para revolucionar o mercado de CFTV, permitindo que o usuário tenha um sistema de gerenciamento com ótima qualidade de imagens através de câmeras megapixel e ainda contar com recursos avançados como o multi-streams onde é possível visualizar imagens em 5fps pelo PC ou celular e gravar em tempo real ou seja, 30fps´- conta Marcos Paulo, gerente de projetos da SETA Soluções.

´Para  a SETA investir na construção de projetos de CFTV digital por cameras IP, tornou-se uma necessidade – acrescenta  Marlene Alves que é nossa gerente comercial-  pois a maioria de nossos clientes tem um sistema de cabeamento estruturado já implantado e uma carência enorme quando se trata de captação e transmissão de imagens, pois o sistema de cftv analógico é bastante ultrapassado e sujeito a falhas. Assim a implantação de um projeto de CFTV com câmeras Ip,  com infra-estrutura de transmissão através do cabeamento estruturado cat5e,  cat 6 ou link óptico é ideal para estas empresas e alem disso a SETA já possui qualificação técnica para atender a essa demanda, tanto na área de elaboração do projeto quanto da implantação. ´

Com certeza, empresas como hotéis, restaurantes, shoppings e outros setores envolvidos com turismo e recreação precisarão se adaptar para receber eventos como a Copa de 2014, conta o nosso diretor , Fabio Antonio,  e nossa equipe já está preparada para atender nossos clientes em diversos segmentos. Estamos reforçando nossos laços comerciais para ter produtos e soluções compatíveis ao crescimento destes próximos anos.  Estamos satisfeitos com os benefícios que nossos clientes terão ao adquirir o sistema Vivotek que apresenta como uma solução inovadora em um projeto que se torna viável.  Nossos cliente irão se surpreender com as soluções que teremos para apresentar.

 
Rodape